Sobre

A juventude mostra sua força na política

Foto 1

Em todo o mundo há um crescente interesse dos jovens pela política que, com suas ideologias, cada vez mais estão se engajando em campanhas comunitárias e outras atividades.

A integração da juventude nesse meio pode permitir que os jovens transformem o mundo para melhor, criando consciência, oportunidades, sistemas e culturas que fomentam o envolvimento de todos, interferindo de forma positiva na representação democrática.

Ana Delfes é uma jovem candidata a vereadora em Curitiba. Com 21 anos de idade, é estudante universitária de Direito e Letras, filiada ao PROS, um partido de Centro.

Ela acredita na oportunidade de profissionalização para crianças e adolescentes com base em novos moldes para antigo Projeto Piá, que desde 2000 atende crianças e adolescentes do município.

Em todo o mundo há um crescente interesse dos jovens pela política que, com suas ideologias, cada vez mais estão se engajando em campanhas comunitárias e outras atividades.

A candidata a vereadora pelo PROS também trabalha em defesa do Servidor Público Municipal que atua junto as comunidades, defende pautas como a de maior participação feminina em políticas públicas e acredita que todos os políticos devam permanecer comprometidos com as causas que os elegem.

Veja quais são algumas das propostas de campanha de Ana Delfes:

Para mulheres

Ana Delfes quer fortalecer as redes de proteção para as mulheres.

Para isso pretende aumentar as parcerias com o Governo do Estado, com Sistema Judiciário e com o Sistema de Capacitação e Trabalho. O objetivo é buscar a emancipação de mulheres que estão inseridas no âmbito de violência doméstica enquadrada pela Lei Maria da Penha.

Ela buscará também aumentar a efetividade dos encaminhamentos do sistema de garantias e direitos que atualmente englobam mulheres, crianças, idosos e qualquer outro cidadão que esteja em situação vulnerável.

Também irá criar uma rede de acompanhamento aos agressores fornecendo orientação e tratamento psíquico buscando diminuir esse ciclo de vicioso de violência.

Foto 2

Para adolescentes

Foto 3

Ana Delfes acredita que adolescentes merecem tratamentos diferentes, especialmente quando se encontram em situações diferentes, no caso de infrator e não infrator.

Para o adolescente infrator ela quer descentralizar dos CREAS unidades para atendimentos específicos e encaminhamentos de adolescentes que cumprem medidas socioeducativas em meio aberto, procurando evitar a reincidência dos atos infracionais.

Já para o adolescente não infrator, a ideia é fortalecer a parceria com o Programa Adolescente Aprendiz (de até 14 anos) e para os demais, investindo na parceria com as Associações de Moradores e empresas locais, ampliando o atendimento esportivo e cultural nas comunidades no horário contrário da escola.

Para servidores municipais

Ana Delfes vai lutar para instituir o plano de carreira para todos os servidores, especialmente para os da FAS. Ela entende que a busca pelo resgate dos direitos adquiridos, e que foram congelados, é muito importante. Ela entende que nenhum desses direitos pode ser retirado e cita como exemplo a volta do crescimento vertical e horizontal e a não destituição do ICS.

Foto 4